Feed on
Posts
Comments

sam pa

sao paulo
sampleia
sons power
sem pouso
com pondo
com passos
sem pauta
.
sons piram
se param
sus pensos
seus pesos
.
se pairam
sao porem
simpaticos
seus parcos
suspiros
.
sao pausa
.

13 Responses to “sam pa”

  1. gugala says:

    rio
    que te quero
    rir

  2. christiana says:

    guga,
    só rrindo
    pra não chorar
    de lindo

  3. Mario Poloni says:

    Putz!… outro (invariavelmente) lindo…
    E que saudade de Sampa…
    É..
    A cidade não me cansa
    Porque eu sou representado
    Pelo pulso acelerado
    Da sua convulsão humana
    Pela noite megawatt
    Que ilumina sua cena
    Espalhando seus extremos
    Feito uma grande Vila Madalena
    bjsssssssssss

  4. christiana says:

    Mario, poeta cereal,
    agradecida pelo elogio e pela (invariavelmente) ótima canja.
    Quanto à saudade de sampa, somos 2.

  5. christiana says:

    Eduardo, mui grata.

  6. Fê... says:

    Que liiiindo!!
    eu AMO São Paulo! lugar perfeito…
    um beijo!

  7. christiana says:

    Fê,
    agradecida, linda. Ama SP? Somos duas.
    beijos!

  8. dalva says:

    Helena… babei.

  9. christiana says:

    Dalva, imagina… mas agradeço.

  10. Bia says:

    só pra registrar o que acabei de falar….sou sua fã amiga, a forma como vc. brinca com as palavras me encanta demais.beijo grande da sua amiga da vida inteira!

  11. christiana says:

    valeu, amiga! bom que vc ainda gosta de brincar comigo! ;) beijos.

  12. Elton says:

    Oi. Vim do Graphorrotor. Achei esse poema muito bonito,
    abraço,

Leave a Reply